15 de maio de 2016

City Tour em Maceió e Praia do Francês

city_tour

Quando estivemos em Maceió pela primeira vez, decidimos contratar os serviços de uma agência de turismo que fizesse algum passeio pela região. Queria alguma opção que conseguisse aliar as praias (lindas) da região e toda a parte histórica da cidade. E, a única agência que encontrei – e entrei em contato – foi a Lucky Receptivo. Há três badaladas praias urbanas em Maceió, a Praia de Jetiúca, Pajuçara e a Ponta Verde. Entretanto, queria conhecer ao menos uma praia mais afastada. E, terminei conhecendo a Praia do Francês que está localizada no Município de Marechal Deodoro. Uma van climatizada nos pegou no Hostel, e nos levaram num ônibus – fretado.

Dica: Publiquei um post com duas opções de hospedagens, estilo albergue, que são bem diferentes e ficam na mesma rua.

Praia_do_Francês

Se você não sabia, a Praia do Francês é uma das principais praias do estado alagoano, tanto que já foi considerada a mais linda do país. E, pouco se sabe sobre a sua história. A não ser que foi habitada pelos índios caetés, e que pela sua formação natural serviu como porto para os navios piratas, inicialmente, franceses – tanto que primeiramente se chamou Porto dos Franceses, até ser chamada do como é conhecida hoje. A região é linda, as águas são calmas – e um tanto gelada (o que é ótimo, quando num dia de sol de rachar…). Existem vários passeios que podem ser contratados diretamente com as empresas – entre as opções: passeio de barco, banana Split. A “barraca” que ficamos possui uma ótima estrutura, entretanto, os preços dos pratos servidos estavam bem “salgados” (caros!). Ficamos na Praia do Francês por umas quatro horas, e fomos caminhar um pouco até a praça – que achei bem jeitosinha, por sinal. A nossa vontade mesmo era conhecer o Centro Histórico de Marechal Teodoro. Mas, seria impossível. Preferimos continuar nas redondezas.

WP_20151012_025

Já o City Tour em Maceió foi bom, mas achei que poderia ser melhor. Principalmente, pelo fato de o ônibus não ser apropriado para levar os turistas numa atividade como esta – as janelas do veículo não eram boas para tirar fotos, e estavam sujas. Além disso, a velocidade do veículo estava rápida, talvez pelo motorista não está acostumado – uma vez que, ele não era funcionário da agência – com a dinâmica dos City Tours. Passamos por diversos prédios históricos, praças (e afins) com uma rica descrição e informações pertinentes acerca da cultura e do modo de viver dos alagoanos. A guia que nos acompanhou era muito atenciosa – perfeita no trato.

A nossa última parada foi no Passarela do Artesanato – que conta com a praticidade de ter um estacionamento privativo. O prédio possui dois andares repletos de opções (variadas) de artesanatos da região. O prédio possui um restaurante com pratos executivos bem baratinhos, lanchonete. Entretanto, pela porta principal, e no outro lado da rua há a Feirinha de Artesanato de Pajuçara que se souber procurar (e comparar preços) certamente vai conseguir economizar bastante.

Vem com a gente, e se pluge!

Fanpage: Se Pluga no Mundo

Twitter: Se Pluga no Mundo

Instragam: Sepluganomundo

Receba o nosso conteúdo no seu e-mail. (É só colocar seu endereço de e-mail, e verificar a imagem! Você receberá um e-mail de confirmação, clique no link, e pronto, você será informado quando publicarmos um novo post!)

Administrador e Editor Geral do conteúdo do Blog. Graduado em Letras com Inglês, formação técnica em Turismo e Hotelaria, com certificação internacional pela International Cultural Center (ICC); É apaixonado pelo aprendizado de línguas estrangeiras. Fala Inglês e Espanhol. Adora viajar de forma independente, mas, sem dispensar a companhia de sua companheira, e sua grande admiradora, a mãe!

Sem comentários até agora... Seja o primeiro a deixar uma resposta!