9 de junho de 2015

Memorial da Resistência em São Paulo

patio

Pátio em que os presos tomavam o “banho de sol”, e fachada parcial do prédio.

Já viajei a São Paulo algumas vezes, mas, em nenhuma delas tive a oportunidade de conhecer os seus espaços culturais de fato – nem mesmo, os com entrada gratuita (vergonha!). Pois, dessa vez, antes de embarcarmos para Santiago – já que tínhamos um tempinho – e estávamos hospedados no São Paulo Wanderlust Hostel, aproveitamos para conferir o Memorial da Resistência de São PauloUm daqueles lugares que possibilita aos seus visitantes uma interação (com o passado) e a reflexão acerca de um dos períodos (que muitos de nós) não chegamos a alcançar, a Ditadura Militar.

119

Imagem do Painel da Exposição temporária “119”.

Pois, antes de falar na permanente, preciso falar acerca da Exposição Temporária. Nesta ocasião, havia uma intitulada de ‘119’ que expunha fotografias feitas pelo artista chileno Cristian Kirby de 119 chilenos militantes de esquerda que desapareceram nas ruas da capital chilena, no período da Ditadura. Mais um motivo para você planejar uma viagem a capital chilena, talvez, para descobrir a relação entre as duas, suas peculiaridades, e divergências.

10857995_10203512864602382_577986202634892034_n

Já na Exposição Permanente, você terá vários painéis que nos apresenta importantes informações acerca da ocupação do edifício desde a sua construção até os dias atuais. Além disso, em outro espaço, recursos áudio-visuais, bem como, um painel cronológico com estratégias, fatos relativos ao controle, repreensão e resistência.

10858550_10203512864162371_838218002797296778_n

E, por fim, o que acredito ser a “cereja do bolo” deste espaço – no todo. A experiência de entrar numa cela, que “fielmente” reproduz, tal como as existentes naquela época. Os detalhes vão desde a – pouca – iluminação a objetos expostos e distribuídos no local, que no seu conjunto nos trás um ambiente imerso num dos mais obscuros períodos políticos do nosso país.

10420781_10203512863642358_6209578613233654261_n

Além desta existe uma segunda cela que possibilita ao visitante ouvir relatos de pessoas que passaram por esse conturbado e escuro período da ditadura militar. Neste ambiente há vários headphones na parede que reproduzem simultaneamente tais relatos, alguns bancos de madeira, e uma rosa.

Se Programe:

Onde: Largo General Osório, 66 – São Paulo, SP

Quando: Terça a domingo, das 10h às 18h

Quanto: Entrada Gratuita

Vem com a gente, e se pluge!

Fanpage: Se Pluga no Mundo

Twitter: Se Pluga no Mundo

Receba o nosso conteúdo no seu e-mail. (É só colocar seu endereço de e-mail, e verificar a imagem! Você receberá um e-mail de confirmação, clique no link, e pronto, você será informado quando publicarmos um novo post!)

Administrador e Editor Geral do conteúdo do Blog. Graduado em Letras com Inglês, formação técnica em Turismo e Hotelaria, com certificação internacional pela International Cultural Center (ICC); É apaixonado pelo aprendizado de línguas estrangeiras. Fala Inglês e Espanhol. Adora viajar de forma independente, mas, sem dispensar a companhia de sua companheira, e sua grande admiradora, a mãe!

Sem comentários até agora... Seja o primeiro a deixar uma resposta!