20 de novembro de 2014

Cochabamba: A experiência de comprar o primeiro terno!

???????????????

Terno comprado em Cochabamba.

Acho que ainda não cheguei a comentar contigo. Mas, estou cursando Direito numa instituição particular de minha cidade. E, todos nós sabemos que nos estágios da área jurídica, principalmente, aqueles em escritórios de advocacia, um dos requisitos para participar do estágio é que o estagiário use terno e gravata. A exigência é algo a ser vista com naturalidade, se observarmos que, o estudante de Direito precisa desde o primeiro momento “vestir” a sua futura profissão – haja vista que, em várias situações ele será o representante do escritório em fóruns, cartórios (etc.) de sua cidade.

Apesar de viver num meio – evangélico – onde o uso do terno é bem recorrente, nunca tive vontade de – digo isso, mais pelo fato de nunca ter precisado usar – comprar vestimentas tão formais. Entretanto, neste mesmo período do ano passado, fiz uma entrevista para estagiar num escritório. E, tive a certeza de que teria que comprar um, urgente. Como já tinha viagem programada a Bolívia (e ao Peru), decidimos que iríamos pesquisar os preços dos ternos. E, verificar se realmente valeria a pena o investimento, e sacrifício de ter de carregá-lo para cima e para baixo – eu só não imaginava que compraria logo na segunda cidade boliviana, ainda no começo da viagem.

galex

Eu e o Dad Garcia (o alfaiate)

Após, caminharmos bastante pelas ruas do Centro da Cidade, decidimos que voltaríamos para o Hostal, em que estávamos hospedados, por um caminho diferente do qual havíamos feito até ali. Nessa nova rota para a hospedagem, que passei em frente à Galex Exclusivo, não resisti e entrei na loja. Ela está localizada a duas quadras de uma das principais praças da cidade, a Plaza 14 de Septiembre. Provavelmente, você vai até achar a loja pequena, mas, vai esquecer isso rápido, quando perceber o quão atenciosos, eles – os atendentes – são contigo. A loja possui um número variado de modelos de ternos, bem como, gravatas e camisas sociais. Inclusive, se você gostar de um terno, mas, ele fica enorme em você. Não se preocupe, eles fazem os reajustes necessários – nem que isso signifique ter que descosturar tudo, e fazê-lo de novo com suas medidas (o resultado final é ótimo!). E, não se admire se você for atendido pelo próprio alfaiate que confecciona todas as peças expostas, ali mesmo na loja!

O que: Terno (corte italiano)

Onde: Calle Arce n° 0477, entre a calle Jordan e Calama – Cochabamba (Bolívia)

Quanto: Bs. 800 à 1.700 (moeda boliviana)

Contato:

Telefone: (+541) 42233009

E-mail: dadgarcia@hotmail.com

Vem com a gente, e se pluge!

Fanpage: Se Pluga no Mundo

Twitter: Se Pluga no Mundo

Receba o nosso conteúdo no seu e-mail. (É só colocar seu endereço de e-mail, e verificar a imagem! Você receberá um e-mail de confirmação, clique no link, e pronto, você será informado quando publicarmos um novo post!)

Administrador e Editor Geral do conteúdo do Blog. Graduado em Letras com Inglês, formação técnica em Turismo e Hotelaria, com certificação internacional pela International Cultural Center (ICC); É apaixonado pelo aprendizado de línguas estrangeiras. Fala Inglês e Espanhol. Adora viajar de forma independente, mas, sem dispensar a companhia de sua companheira, e sua grande admiradora, a mãe!

Sem comentários até agora... Seja o primeiro a deixar uma resposta!