20 de dezembro de 2012

Viajar de avião, ônibus e barca: Roteiro de Salvador a Buenos Aires.

Como não moro em cidades como: São Paulo e Rio de Janeiro, em que ocorrem com mais frequência promoções de voos internacionais com preços, realmente imperdíveis; Viajar para países da América do Sul, por exemplo, pode custar um pouco mais, sobretudo pela considerável distância entre a região nordeste e os destinos mais badalados, como: Buenos Aires, Montevidéu e Santiago do Chile. As passagens ficam mais caras, pois “arcamos” com as passagens de deslocamento do nordeste até o sudeste do Brasil.

Quem nunca pensou em desistir de viajar para um país sul-americano, só por pensar no alto investimento que se tem com as passagens aéreas? As coisas complicam um pouco mais, quando você está viajando acompanhado(a) com sua(seu) companheiro(a), ou com os seus filhos. A tão sonhada viagem internacional em família pode fica distante de sua concretização, mas, não desista. Acredito que com planejamento, e claro, sacrifícios – mínimos – sua viagem sairá do papel, e sem a necessidade investir os olhos da cara.

Você pode escolher viajar de avião até certo trecho, e continuar o restante do trajeto de ônibus; ou pode fazê-lo completamente por via terrestre mesmo. Eu escolheria a primeira opção, você se desgastaria menos. Claro que para isso, você perderia alguns dias de suas preciosas férias. Eu sinceramente, curto muito viajar de ônibus; as minhas viagens por via terrestre me renderam ótimas experiências, conheci pessoas, aprendi muita coisa, vivenciei cada minuto, até aprendi a me ouvir!

Sem mais delongas, falemos sobre o roteiro, que é o que nos interessa, certo?

Salvador – São Paulo:

 guarulhos

Em São Paulo você pode ter duas opções para chegar a capital paulistana. Sem dúvida que, o aeroporto de Congonhas é a melhor opção para qualquer viajante, sobretudo pela sua localização; ele fica dentro da movimentada e por vezes, estressante Sampa. A desvantagem são os preços das passagens que são mais caras, acredito que esse seja um modo de diminuir o trafego para aquelas bandas, justamente, pelo seu tamanho e etc. Já a segunda opção, o aeroporto internacional de Guarulhos um dos mais badalados e agitados do Brasil está acerca de 25 km do centro de São Paulo. A distância não é nenhum problema, visto que o aeroporto possui algumas opções de transporte, entre eles: O Express Airport Service que utilizei na primeira vez que estive em São Paulo; e outra opção muito mais econômica que descobri, em que você pode fazer uma combinação entre ônibus e metrô.

São Paulo – Porto Alegre:

penhaviagem 077

Já em São Paulo é só ir ao Terminal Rodoviário do Tieté – a propósito, fiz um roteiro de como chegar lá saindo do Aeroporto Internacional de Guarulhos. Não existem muitas opções de empresas de ônibus que fazem o trajeto, infelizmente. As opções que existem no mercado possuem site, onde se tem a possibilidade de verificar os valores, a disponibilidade de horários e a compra através de cartões de créditos, antecipadamente. Escolhemos a Viação Nossa Senhora da Penha, primeiro, por conta de uma ótima promoção que eles lançaram na época; segundo por ser uma tradicional e conhecida empresa em que minha mãe muito viajou quando eu ainda era pequeno, nas minhas idas e vindas ao Rio de Janeiro. Mas, a experiência que tivemos com eles não foram uma das melhores. Aproveito a oportunidade para te sugerir a leitura da postagem em que falamos das motivações e dicas para se viajar de ônibus.

Porto Alegre – Chui-Rs/Chuy-Uru:

 

planalto 152

Um dos meus erros, confesso, foi o de não ter comprado logo um voo direto para Porto Alegre. Na verdade, aconteceu que na época que compramos as passagens em promoção para São Paulo, tínhamos em mente que iríamos para Santiago do Chile, mas, no final escolhemos ir a capital uruguaia e esticar até Buenos Aires. Existem algumas empresas de ônibus (uma brasileira, e outra uruguaia) que fazem o trajeto Porto Alegre – Montevidéu. Mas, a desvantagem é que só temos a possibilidade de comprar as passagens no dinheiro, isso pode ser ruim para quem decidiu viajar de última hora. Foi por esse motivo a escolha de irmos até a cidade Chuí-Rs. Escolhemos a Viação Planalto, uma empresa com frota de ônibus novos e WIFI, e que oferece aos seus clientes uma área vip no terminal rodoviário de Porto Alegre.

Eles vendem dois tipos de passagens, o direto (faz apenas um ou duas paradas) e o parador (faz diversas paradas). Já era vésperas de natal, saímos de Porto Alegre às 14h, e quando chegamos em Chuí já era noite! Não existia um pé de pessoa na rua que não fosse o do grupo pequeno de brasileiros e dois franceses. Até chegar lá não tínhamos em mente onde nos hospedar, entretanto, terminamos encontrando um hotel barato, mas, muito confortável para passar aquela véspera de natal.

Chui (Brasil)/Chuy (Uruguai) – Montevidéu:

chuy

As cidades de Chui e Chuy são praticamente uma; a primeira no Brasil, e a segunda no Uruguai. O que as separam apenas é uma avenida. Nela, pode-se encontrar várias lojas de eletrônicos e artigos importados diversos sem os altos impostos praticados no Brasil. Logo pela manhã fomos comprar as passagens de ônibus no lado uruguaio. Quando estávamos planejando a viagem uma das minhas grandes dúvidas era se conseguiríamos algum ônibus em pleno natal. Felizmente, conseguimos! Se você tiver em seus planos de entrar no Uruguai por essa cidade, e ao chegar ao escritório das empresas de ônibus, não possui a passagem direto para Montevidéu, você pode comprar uma passagem até uma cidade próxima, e pegar o ônibus que vai a capital uruguaia. Eu, particularmente, não gostei dessa opção, porque você termina ficando aflito mesmo sem querer, e ao invés de aproveitar a viagem, você fica preocupado se vai chegar ou não a tempo de pegar o ônibus.

Montevidéu – Buenos Aires:

buquebus

Estávamos hospedados em frente à Praça Independência, e caso, você esteja na região da Ciudad Vieja, centro histórico da capital uruguaia, caminhe até o ponto de ônibus próximo ao supermercado TATA (já escrevemos um artigo acerca de nossa ida aos supermercados montevideanos), o ônibus “CA1” passa em frente a rodoviária. Escolhemos viajar durante a madrugada de ônibus até Colônia, e seguir de lá até Buenos Aires de barca com a Buquebus. A longa fila da imigração (para fazer o processo de saída do Uruguai, e entrada na Argentina) pode te assustar um pouco, mas, você verá que o processo é tranquilo e rápido. Uma das desvantagens de escolher viajar durante a madrugada é que você perde a chance de conhecer Colônia, antes de seguir para a capital argentina.

Buenos Aires – Porto Alegre:

viagemdeonibus

Após quase 14 dias em Buenos Aires, era hora de voltar ao Brasil. Ao invés de fazemos o mesmo percurso que fizemos para chegarmos até a capital portenha. Achamos melhor comprarmos as passagens de ônibus até Porto Alegre com a empresa Flecha Bus. Eles possuem ônibus confortáveis, serviço de bordo, e eles disponibilizam uma sala vip na área do embarque internacional do terminal rodoviário de Buenos Aires com computadores com acesso a internet, além de wifi, minibar, televisão e um ambiente muito agradável. Caso tenha alguma dúvida de como chegar até lá, desde o centro ou de qualquer parte da cidade portenha, escrevemos uma postagem com uma super dica de uma ferramenta online que te ensina como chegar em qualquer parte de Buenos Aires.

Quer receber as nossas atualizações do blog diretamente em seu e-mail? Digite o seu e-mail aqui:

Espero que tenha curtido a leitura dessa postagem. Será um enorme prazer ver um comentário seu falando de sua experiência de viagem, e de que forma esse post te ajudou em sua viagem!

Administrador e Editor Geral do conteúdo do Blog. Graduado em Letras com Inglês, formação técnica em Turismo e Hotelaria, com certificação internacional pela International Cultural Center (ICC); É apaixonado pelo aprendizado de línguas estrangeiras. Fala Inglês e Espanhol. Adora viajar de forma independente, mas, sem dispensar a companhia de sua companheira, e sua grande admiradora, a mãe!

2 Respostas para “Viajar de avião, ônibus e barca: Roteiro de Salvador a Buenos Aires.”


  1. Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79

    Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79
    marcos
    Responder 11. jan, 2013 at 17:42

    Ola! Irei a buenos aires em 20 dias. E visitarei alguns pontos que são basicos para uma primeira visita à Buenos Aires. Entretanto, queria separar 1 a 2 dias para fugir do básico e tradicional, gostaria de visitar locais os quais eu pudesse vivenciar o cotidiano da cidade, ou seja, lugares visitados por nativos, visitar manifestações artisticas culturais, politicas, sociais locais. Ou seja, fugir um pouco do roteiro padrão turistico. O que me sugere?


    • Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79

      Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79
      Cidilan da Apresentação
      Responder 18. jan, 2013 at 20:07

      Olá, Marcos!

      Tudo bem?
      Já viajei 3 vezes a Buenos Aires, e ainda não conheci tudo! Quando viajo passo bastante tempo num só lugar (cidade)!
      E o que te sugiro é… conheça Buenos Aires sem pressa! Você terá bastante tempo para conhecer as atrações da cidade.
      Vá ao supermercado faça compras, e converse bastante com os nativos! Eles são as melhores fontes. Os jornais também são uma ótima fonte para ficar por dento das opções do dia de espetáculos no teatro, bem como no cinema. De resto, caminhe bastante pelas ruas, evite o taxi e o coletivo. Caminhando, você vai encontrar bastante coisas para ver, e apreciar! Se tiver um tempinho, e dinheiro! Sugiro que conheça El Tigre, está a uma hora de Buenos Aires. =D

      Espero tê-lo ajudado!