9 de outubro de 2012

Como é voar com a Avianca?

Antes de tudo

Há pouco fui ao Rio de Janeiro, numa viagem de alguns dias para visitar alguns familiares e resolver alguns problemas pessoais. Aproveitei que há alguns meses a Avianca fez uma super promoção de passagens aéreas com valores muito bons, mas sem aqueles alardes (por isso, a razão de sempre está checando no site das Cias aéreas). Como queria me esquecer da última viagem que perdi por conta de um lapso de memória e troca de horários dos voos. Comprei duas passagens (ida e volta) através do site da própria companhia aérea para o mês seguinte (setembro) por apenas R$ 442,22 saindo de Salvador numa segunda feira (24/09) e retornando num sábado (29/09).

Durante a compra e check in (voo de ida)

A Avianca, assim como a maioria das companhias aéreas disponibilizam aos seus clientes a possibilidade de fazer o seu check in on-line através de qualquer aparelho móvel com internet, quem sabe no conforto do seu lar, ou no seu deslocamento até o aeroporto. Prefiro fazê-lo antes de chegar ao aeroporto – mesmo que depois, eu tenha que despachar a mochila cargueira – pois, como sempre viajo acompanhado gosto de marcar os assentos das poltronas com antecedência, para não correr o risco de viajarmos separados um do outro. Um ponto que, eles poderiam melhorar seria disponibilizar logo na página inicial (na parte interna) do site as reservas dos passageiros que vão viajar com a empresa aérea, e não apenas o da pessoa que fez a compra.

A localização do balcão da Avianca no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão) é no terminal A, em frente ao balcão de vendas da mesma. Já no Aeroporto Internacional Luis Eduardo Magalhães que possui proporções menores, não é difícil de encontrar o balcão da mesma.

Tanto na viagem de ida quanto na de volta, preferimos ir logo para o portão de embarque, pois, poderíamos passar o tempo que nos restava acessando a internet através da WIFI gratuita disponibilizada pela Infraero com acesso ilimitado (conto melhor em outra postagem).

 Embarque e durante o voo

Apesar de eles terem informado que o embarque seria através de grupos, e que éramos para ficar atentos, não foi o que de fato aconteceu. Os passageiros fizeram um fila enorme. Senti a falta do embarque por grupos que facilita o processo de embarque na aeronave, como também, evita aquele amontoado de gente na fila, o processo se torna mais rápido também. Já no voo de volta por conta da impressão do cartão de embarque com o horário dos voos errado, e por as atendentes no check in da companhia não terem retificado o erro, muita gente ficou por minutos preocupados, pensando que o voo já tinha partido. E o pior de tudo, não encontravam ninguém pra dá informações.

Em ambos os voos tive uma tranqüila viagem. No voo de ida, viajamos num avião A318, e achamos as poltronas muito confortáveis com descanso regulável de cabeça, e o melhor possui espaços de uma cadeira para a outra. Já no voo de volta curtimos bastante o serviço de entretenimento abordo disponibilizado num A319, que é uma “mão na roda”, principalmente, se o voo for muito longo. Você não sente o tempo passar… quando você ver já está na hora de desligar.

A empresa diferentemente de algumas cias aéreas, continua disponibilizando aos seus clientes refeições práticas e saborosas, mantendo a qualidade de seus serviços à bordo! Durante o voo de ida, eles serviram pão de leite resfriado com gergelim, presunto, queijo e requeijão, acompanhado de alguma bebida. já no voo de volta, pão francês “quente” com queijo, presunto e requeijão, com alguma bebida a escolha do passageiro. E o melhor disso tudo, “For Free”!

Gostei muito de ter viajado com a Avianca, apesar de alguns pontos observados precisarem ser melhorados.

Gostaria de comentar também a sua experiência com a companhia aérea? Então, fique a vontade para fazê-lo nos comentários abaixo.

Curta a nossa fanpage no facebook: www.facebook.com/sepluganomundo

Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/sepluganomundo

Administrador e Editor Geral do conteúdo do Blog. Graduado em Letras com Inglês, formação técnica em Turismo e Hotelaria, com certificação internacional pela International Cultural Center (ICC); É apaixonado pelo aprendizado de línguas estrangeiras. Fala Inglês e Espanhol. Adora viajar de forma independente, mas, sem dispensar a companhia de sua companheira, e sua grande admiradora, a mãe!

Sem comentários até agora... Seja o primeiro a deixar uma resposta!