3 de outubro de 2012

Buenos Aires: Em que bairro ficar?

*Publieditorial

Buenos Aires é sem dúvida, uma das cidades que mais atrai turistas brasileiros na América do Sul. Destino número “um” na escolha dos brasileiros que decidem viajar ao exterior. A capital portenha possui atrativos que fazem dela um destino querido, entre nós. Em meio a tantos incentivos dados ao turista brasileiro, sejam estes a valorização do Real sobre a moeda argentina ou pelo grande número de voos que ligam os principais aeroportos brasileiros a capital argentina e/ou pela facilidade no processo de entrada no país.

A cidade oferece uma gama enorme de opções de atividades culturais, que você certamente não dará conta de visitar em apenas alguns dias, sobretudo, se você for marinheiro de primeira viagem. Geralmente, quando viajo a Buenos Aires, prefiro ficar em hospedagens econômicas, bem localizadas, e no centro da cidade, que me possibilita está próximo dos principais pontos turísticos, sem deixar de lado a praticidade de ter a minha disposição hà apenas alguns passos, supermercados, farmácias, restaurantes…

Em particular, bairros como San Telmo e Puerto Madero são opções que muito me agradam. O primeiro, conhecido como um bairro boêmio da cidade, é tido como referência para aqueles que têm interesse por antiguidades e velharias – a propósito, é neste bairro que acontece aos domingos, a Feira de San Telmo – além disso, nele podemos encontrar os mais tradicionais cafés da cidade. Já o segundo, fica numa das áreas mais valorizadas, e mais moderna da cidade, se tornando também, um reduto gastronômico em Buenos Aires.

Mas, a quem prefira se hospedar em outros bairros como Palermo e Recoleta, por serem opções interessantes para quem adora a agitação da vida noturna, e tranquilidade durante o dia. Palermo se destaca pelos seus lindos bosques, restaurantes, bares, discotecas e zoológico. Já Recoleta, é um lugar com vários pontos turísticos que valem a sua visita, como o Cemitério de Recoleta, a Flor metálica (que abre durante o dia, e fecha durante a noite), a feira de artesanatos, a Faculdade de Direito da Uba e etc.

Enfim, quer seja em Palermo ou Recoleta, ou quem sabe em San Telmo ou Puerto Madero. O importante, (e o que deve prevalecer) sempre são as suas necessidades, exigências e teus interesses.

Administrador e Editor Geral do conteúdo do Blog. Graduado em Letras com Inglês, formação técnica em Turismo e Hotelaria, com certificação internacional pela International Cultural Center (ICC); É apaixonado pelo aprendizado de línguas estrangeiras. Fala Inglês e Espanhol. Adora viajar de forma independente, mas, sem dispensar a companhia de sua companheira, e sua grande admiradora, a mãe!

Sem comentários até agora... Seja o primeiro a deixar uma resposta!