27 de setembro de 2012

Visite em Salvador: Museu da Misericórdia

Boa parte dos turistas que desembarcam na capital baiana dedica algumas de suas preciosas horas a conhecer os atrativos turísticos e culturais do Centro Histórico de Salvador. Entre a subida do Elevador Lacerda, um dos mais conhecidos cartões postais da cidade, e a Praça da Cruz Caída (homenagem, a antiga Igreja da Sé, destruída para que o desenvolvimento passasse, o que de fato não aconteceu), é onde está localizada o Museu da Misericórdia.

Praça da Cruz Caída, ao lado da Igreja da Santa Casa da Misericórdia.

A estrutura do Museu deixa qualquer turista impressionado, a princípio pela grande estrutura de seus ambientes, como também pela riqueza de cada detalhe. Os monitores do museu nos apresentam um leque variado de temas, entre eles, a saúde na Bahia e o crescimento na cidade de Salvador, contemplando em suas abordagens o surgimento da primeira Casa da Misericórdia em Portugal, bem como a sua vinda à Bahia.

A primeira reação de qualquer turista que visita as dependências do museu é de inocentemente sacar as suas câmeras fotográficas para registrar cada momento da visita guiada. Mas, infelizmente, neste museu não é permitido de modo algum tirar fotos e/ou filmar qualquer objeto, arte, e tão pouco a parte externa. Segundo eles, a razão da proibição, é justamente uma forma de dificultar a falsificação do acervo encontrado por lá.

A visita guiada começa no térreo com a amostra de alguns móveis com explicações acerca dos detalhes que as fazem tão especiais. Ao subir as escadas, você certamente vai se deslumbrar com a linda vista da Baía de Todos os Santos, sobretudo, pela linda escada com arcos, e desenhos em azulejos com simétricos, um grande exemplo da influência barroca. Já no primeiro andar, na primeira sala, há uma exposição de quadros dos principais benfeitores, pessoas essas que contribuíram financeiramente para que a Santa Casa da Misericórdia não fechasse as suas portas. Como também, no teto algumas pinturas que representam algumas passagens bíblicas.

Numa outra sala, você verá a simulação de como funcionava a “roda dos expostos”, onde os bebês eram depositados pelos seus pais que na maioria das vezes não possuíam condições de criá-los. Na mesma sala, você também pode ver a primeira farmácia de manipulação do Brasil com utensílios e objetos utilizados para a criação desses remédios.

Em seguida, você poderá ver uma amostra de roupas típicas utilizadas pelos padres na celebração religiosa das missas, bem como, bonecos que demonstram como acontecem as missas na igreja católica. A visita não termina por ai, além disso, você poderá conhecer a Igreja da Misericórdia, lugar em que o Padre Antonio Viera pregou os seus sermões, uma nova exposição de quadros, e a mais novíssima sala de exposição, a sala onde está exposta as representações feitas por artistas baianos dos princípios ensinados pela igreja católica.

Serviço:

Museu da Misericórdia

Onde:Rua da Misericórdia, 6, Centro Histórico.

Horário de funcionamento: Segunda à Sábado das 10h às 16h e Domingo 13h às 17h.

Quanto: R$ 5,00 e meia entrada 2,50.

Site: http://www.scmba.com.br/

Contato: (71) 3322-7355

Administrador e Editor Geral do conteúdo do Blog. Graduado em Letras com Inglês, formação técnica em Turismo e Hotelaria, com certificação internacional pela International Cultural Center (ICC); É apaixonado pelo aprendizado de línguas estrangeiras. Fala Inglês e Espanhol. Adora viajar de forma independente, mas, sem dispensar a companhia de sua companheira, e sua grande admiradora, a mãe!

Sem comentários até agora... Seja o primeiro a deixar uma resposta!