12 de julho de 2012

Roteiro de Final de Semana, Baden-Würtemberg, Alemanha.

Um dos Estados mais famosos da Alemanha é sem dúvida o de Baden-Würtemberg ou BW para os íntimos. Tem como sua capital, Stuttgart e abriga muitas outras cidades bastante conhecidas pelos alemães e europeus em geral.

Para alguns, morar em BW pode ser uma aventura e tanto. Muito dizem que morar neste estado não vai fazer você aprender alemão, mas sim um dos vários dialetos existentes na Região, o mais conhecido deles: schwäbisch. A população nativa também tem a fama de ser um pouco mal educada e bagunceira, mas isso também se dá pela grande concentração de estrangeiros provenientes principalmente da Itália e da Turquia morando por toda parte do estado bem como em toda Alemanha.

Apesar dos pesares, o estado de Baden-Würtemberg tem sempre muitas atrações e belos lugares para ver e já que estamos nesta aventura, porque não aproveitar tudo o que eles têm a nos oferecer?

Todos os direitos reservados da Imagem à Google. (Imagem de Ilustração)

Para começar, você precisa saber que a Alemanha inteira é menor que o estado da Bahia, logo, fazer um belo mochilão de última hora e de curta duração é sempre bem vindo e relativamente barato. Para completar, existem na Alemanha muitas facilidades para quem precisa ou apenas quer viajar por várias cidades durante um único final de semana ou por alguns dias determinados.

A primeira boa opção é o “schönes Wochenende” (belo final de semana, em alemão), que é um bilhete de transporte que você compra em qualquer estação de trem, nos eletrônicos mesmo, por menos de 100 EUR e, com ele você pode fazer uso de todo o transporte público disponível na Alemanha, trem, metrô, ônibus e até alguns barcos (onde houver). Este bilhete é válido por todo o final de semana e você pode levar consigo mais quatro pessoas sem nenhum custo adicional! É comum muitas pessoas anunciarem na internet que estão indo para um certo destino e que pessoas são bem vindas para se encontrar e assim dividir o valor do bilhete.

A segunda opção é o “Regional Ticket”. Com este você também pode fazer uso de todo o transporte público, porém, apenas em uma determinada região. Então, como sugere o tema deste artigo, você poderá comprar o BW Regional Ticket. O valor deste bilhete é mais barato e pode ser comprado para uso em qualquer dia da semana. Ele é válido por 24 ou 48 horas e duas pessoas podem viajar com um único bilhete. A compra desses bilhetes também pode ser feita através da internet (WWW.diebahn.de).

Agora que você tem o seu ticket na mão vamos ver o que é possível fazer em pouco tempo e sem gastar muito. Lembre de aproveitar para fazer amigos durante o trajeto, você sempre vai encontrar alguém nas estações de trem oferecendo carona com um desses bilhetes ou esperando alguém oferecer.

Todos os direitos reservados a André Oliveira.

Começando pela Capital, Stuttgart, que não é muito grande, tem apenas 500 mil habitantes. A hauptbahnhof (estação central) é muito bem equipada, tem conexões para muitas cidades da Alemanha e foi inaugurado há pouco tempo uma nova linha que faz o trajeto Stuttgart-Paris. A estação conta também com serviço de informação com atendentes que falam inglês e poderão orientar você facilmente. Mas nosso tempo é curto e precisamos aproveitar o tempo para conhecer o maior número de cidades. Então, nos arredores da Estação Central, fica o parlamento do estado, que vale uma ótima foto. Sem falar que o mesmo fica localizado numa linda praça onde sempre há muitas pessoas se divertindo no verão e no inverno, geralmente, eles fazem ringues de patinação artificial. Não deixe de visitar a königstrasse que fica bem em frente da saída principal da estação central. Nesta rua você vai encontrar muitas pessoas, muitas lojas e atrações de entretenimento. Agora que já vimos um pouco de Stuttgart vamos ao próximo destino e, para isso, voltemos à estação central para pegar o próximo trem com destino a Konstaz.

Todos os direitos reservados a André Oliveira.

Konstaz é uma pequena cidade que não tem muitas atrações turísticas para falar a verdade, mas ela é interessante principalmente por ficar bem na divisa entre a Alemanha e Suíça. Assim, é possível ir andando para a Suíça estando nesta cidade. É muito natural encontrar suíços ou pessoas que moram lá e, por tanto, você ouvirá um sotaque bem diferente tanto de alemão quanto francês e italiano.

Todos os direitos reservados a André Oliveira.

Há uma belíssima catedral no centro da cidade, logo na saída da Estação (que não é muito grande) e à esquerda desta catedral, você observa a ponte sobre o “bodensee” (maior lago alemão e onde vale super a pena um passeio de barco), do qual todos os alemães têm muito orgulho e os habitantes de Konstanz apelidam de “Lago de Konstança”. A beleza natural é inegável, uma vez que além do belo lago é possível também avistar os Alpes suíços. Vamos seguindo em frente, pois, o estado é grande e ainda tem muita coisa pra ver! De volta à estação, pegaremos o próximo trem com destino a Ulm.

Todos os direitos reservados a André Oliveira.

Ulm é uma das cidades mais antigas da Alemanha e que por muito tempo pertencia ao estado da Baviera. Hoje pertence, é claro, a Baden-Würtemberg, mas fica exatamente na divisa entre os dois estados. Trata-se de uma cidadezinha bem típica alemã onde há duas igrejas, uma para os católicos, outra para os protestantes e há muitos judeus na cidade. Bem no centro da cidade você se encontrará a catedral de Ulm que é imensa e tem um estilo gótico. Pontos turísticos, não há muitos, mas a cidade é sempre bem visitada pela sua boa localização. Muitas pessoas fazem com freqüência o trajeto MuniqueStuttgart e Ulm marca praticamente metade do caminho, então é uma boa oportunidade para esticar um pouco as pernas. É um bom local para passar a noite também ou esperar a sua próxima conexão. Mas o melhor da cidade ainda está por vir. Além disso, a cidade fica à margem direita do Rio Danúbio que se encarrega de montar uma bela paisagem para visitantes. O mais impressionante sobre este local é o fato de você estar na cidade natal de Albert Einstein e nem sabia disso! Você poderá observar vários sinais dessa referência nas praças principais da cidade. Depois dessa fantástica descoberta, vamos seguir viagem, o próximo trem deixa a cidade impreterivelmente às 4 da madrugada e você pode se quiser esperar a noite inteira na estação. Nosso trem agora vai para Karlsruhe.

Todos os direitos reservados a André Oliveira.

Chegar em Karlsruhe logo de manhã cedo é maravilhoso. Como a cidade fica um pouco ao norte do estado, a temperatura é um pouco mais fria. A localização da cidade contribui muito para isso e também nas redondezas há algumas estações de esqui que funcionam durante o inverno. Karlsruhe é uma cidade universitária, então você verá estudantes por toda parte. Se for final de semana, você também verá estudantes por todos os lados, mas não necessariamente estudando. Como há muitas repúblicas, há também muitos grupos de estudantes que sempre se juntam para fazer a festa. Praticamente todos os finais de semana, acontece a famosa festa no bonde, onde estudantes universitários tomam conta de um dos bondes e saem por toda a cidade fazendo a maior farra dentro do mesmo. Geralmente é aniversário de algum estudante ou faz parte do processo de “desvirginização do calouro”, quando a pessoa entra na faculdade pela primeira vez. No Brasil, conhecemos como “trote”. Esqueça um pouco a algazarra dos estudantes de Karlsruhe e vá até o castelo da cidade. É possível ir andando também. Há um imenso jardim nos pátios do castelo e durante a primavera ele fica completamente florido. Este é um local perfeito também para caminhada ou corrida para muitas pessoas! Falando em corrida, ta na hora de correr de volta para a Estação e aproveitar o próximo destino que será Tübingen.

Todos os direitos reservados a Wikipidia.

Tübingen é também uma cidade universitária onde fica uma das mais antigas Universidades de toda a Alemanha que é conhecida mundialmente pelos seus cursos de Medicina e Ciências Naturais. Durante muito tempo foi o primeiro lugar na área de estudos da língua alemã. Além de visitar a universidade aconselho uma boa caminhada no parque central, onde tem algumas pontes sob as águas ornamentando assim a paisagem. O lago de Tübingen é muito visitado no verão e no inverno geralmente fica congelado trazendo também visitantes que querem patinar no gelo. Há um castelo na cidade também, é claro, mas fica um pouco distante do centro e, se estamos com pressa, talvez não dê tempo. Mas, pode visitar o “Marketplatz”, rodeado pela bela arquitetura e cultura alemã formando um lindo cartão postal e que dá lugar a feiras livres durante finais de semanas ou épocas festivas. Tübingen é conhecida por muitos como a cidade da cultura, por tanto, vale muito a pena dar uma passadinha. A proximidade de Tübingen com outras cidades famosas é também um dos pontos positivos e, como sugestão, não devemos deixar de passar em Reutlingen, onde muitos dos mais de 23 mil estudantes de Tübingen moram.

Todos os direitos reservados a André Oliveira.

Agora é hora de pegar o trem de volta ao nosso ponto de partida depois desses dois dias se colocando à disposição da aventura por Baden-Würtemberg. Com certeza, há ainda muitas outras cidades que se pode visitar neste estilo, pois, o estado é muito rico em cultura e turismo por todos os lados. Experimente viajar desta forma pela Alemanha e aproveite o tempo que vai passar dentro do trem para fazer novas amizades que poderão começar em função do bilhete que tem em mãos. Há sempre alguém que ficará grato em poder dividir com você parte do trajeto que os levará ao destino em comum. Aproveite!

Texto: André Oliveira

Administrador e Editor Geral do conteúdo do Blog. Graduado em Letras com Inglês, formação técnica em Turismo e Hotelaria, com certificação internacional pela International Cultural Center (ICC); É apaixonado pelo aprendizado de línguas estrangeiras. Fala Inglês e Espanhol. Adora viajar de forma independente, mas, sem dispensar a companhia de sua companheira, e sua grande admiradora, a mãe!

2 Respostas para “Roteiro de Final de Semana, Baden-Würtemberg, Alemanha.”


  1. Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79

    Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79
    Vinicus
    Responder 01. jul, 2013 at 19:21

    Boa tarde. Gostei do post. Vc tem mais dicas para esta região. Estarei em Strasbourg por um mês, gostaria de cidades que seja interessante conhecer. Obrigado. Estou pensando em alugar um carro… talvez seja melhor que comprar os tickes de metro. Estou indo em um grupo de 4 pessoas sendo uma criança de 5 anos.


  2. Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79

    Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79
    André Oliveira
    Responder 06. jul, 2013 at 22:10

    Olá, tudo bem, Vinícius? A região é fantástica mesmo e as cidades que estão na lista das que todo mundo TEM que visitar são: Stuttgart, claro, Heidelberg, Mannheim, Rottweil, Tübingen… se quiser algo mais exótico, pode ir até a fronteira da Alemanha com a Suíça e visitar Konstanz, maravilhosa também. Se procura cidades menores, pode ver Hechingen, que tem u castelo fantástico.