21 de março de 2012

7 dicas financeiras para aproveitar bem sua próxima viagem

Inicialmente, quero agradecer a oportunidade de escrever em um blog tão respeitado e admirado por quem pretende realizar suas próximas viagens. O trabalho que o amigo Cidilan da Apresentação vem realizando à frente do Se Pluga no Mundo é digno de todo o crédito que possa merecer, pois aqui temos uma fonte segura e confiável de informações para aqueles que querem realizar suas viagens para o exterior, a partir da visão de uma pessoa com a qual qualquer leitor poderá se identificar, ou seja, um viajante comum.

Nesse texto, darei 7 dicas de como você pode aproveitar bem sua próxima viagem, sob uma perspectiva financeira – afinal, viagem custa dinheiro, e quanto mais inteligentemente for usado essa grana, mais proveitosa – e até mais barata – será sua viagem. Vamos lá?

1. Defina seu alvo: o próximo local que você queira visitar. O primeiro passo para uma viagem bem sucedida financeiramente é delimitar qual será o seu próximo destino, pois é a partir daqui que muitos outros itens da viagem (por exemplo, câmbio, documentação, vacinas etc.)  terão que ser demarcados, às vezes até com uma necessária antecedência. Essa dica, apesar de parecer redundante, não o é, pois muitas pessoas só decidem visitar determinada cidade, região ou país quando estão muito próximas do período de férias. Resultado? Pagarão mais caro por diversos itens da viagem (como passagens, hotéis etc.), além de correrem o grande risco de fazerem muitas coisas na base do improviso. Faça um planejamento prévio, que tudo ocorrerá de forma muito mais suave – inclusive para suas finanças!

2. Escolha a época do ano em que irá viajar. Não basta querer conhecer Nova York. É preciso mais, é preciso saber em que época do ano você irá querer conhecê-la. Você quer passar o final de ano em Nova York? Mas você tem ideia do enorme frio que costuma ocorrer nessa época do ano na Big Apple? A escolha da temporada de férias, por óbvio, não irá influenciar apenas o clima em que você fará seus passeios, mas também terá um impacto direto nos custos desses mesmos passeios, pois as viagens nos períodos de alta estação para lugares concorridos costumam ser mais caras do que nos períodos de baixa estação. Seja, pois, previdente, e busque as informações sobre o seu próximo destino (dica #1), com a maior amplitude possível.

3. Estime os gastos que poderá ter. Esse exercício é bastante divertido e certamente irá aumentar sua vontade de conhecer sua próxima parada: faça uma previsão de possíveis gastos que terá na sua próxima viagem. De forma descompromissada, movido apenas pela curiosidade, vai lá no site da sua empresa aérea favorita, ou num agregador de passagens aéreas, e faça uma simulação do custo total das passagens. Aproveite e vá no site agregador de hotéis que você costuma utilizar, e cote também os preços dos hotéis. Dê uma busca no Google e verifique o custo dos passeios que pretende fazer, os preços dos ingressos etc. Separe também o valor que provavelmente terá com compras e alimentação em restaurantes, estimando-os por dia. Dessa forma você chegará a um valor médio, aproximado, que será importante para a dica seguinte.

4. Separe um valor todo mês para essa “conta de viagem”. Suponha que sua previsão de gastos totais (passagens + hotéis + restaurantes + passeios) para a viagem que pretenda realizar na Páscoa… do ano que vem, tenha ficado em torno de R$ 3 mil. Dividindo esse valor por 12, você obterá um valor aproximado de R$ 250. Agora, pegue esse valor e vá depositando todo mês tal quantia num investimento conservador, e de baixo risco, que pode ser a caderneta de poupança, um CDB pós-fixado ou ainda um título do Tesouro Direto. Essa prática de reservar um dinheiro todo mês para suas próximas férias terá um efeito muito positivo sobre suas finanças, pois evitará, com uma certeza quase absoluta, que você necessite recorrer a empréstimos e dívidas para pagar suas próximas férias – afinal, não existe nada pior do que voltar de uma viagem de férias entulhado de dívidas nos cartões e cheque especial, não é mesmo? Além disso, e aqui reside uma grande vantagem, lhe permitirá ter folgas financeiras suficientes para planejar a viagem das férias seguintes. Férias sustentáveis financeiramente = não tem preço.

5. Quando chegar mais próximo da data da viagem, comece a garantir os itens principais.  Uma das grandes vantagens de fazer um planejamento financeiro consistente das viagens é a flexibilidade que tal planejamento oferece para suas finanças. Não dar espaço à improvisação lhe permite, na maioria dos casos, pagar um preço justo e até promocional por muitos dos itens da viagem, como passagens, hotéis e até ingressos para parques, museus e outras atrações turísticas. Não deixe tudo para a última hora, e, à medida que for se aproximando da data da viagem, comece a comprar aqueles itens indispensáveis para a viagem. Mas aí você pode estar se perguntando: mas se aparecer uma promoção imperdível de passagem aérea ou de hotel depois de eu ter pago o transporte e as diárias de hotel? De fato, esse é um risco que você corre. Mas, convenhamos, esse é um risco que qualquer viajante corre. Em vez de tentar garantir sempre o menor preço de todos os itens da sua próxima viagem, tente garantir o melhor preço que você conseguir nas condições possíveis, e não nas ideais. Pense, ademais, que o ótimo é inimigo do bom, e é muito melhor você se precaver e reservar um hotel com uma diária promocional interessante, do que ficar esperando, esperando, esperando por uma promoção de hotel que… no final das contas, nem vai se concretizar. Por conta disso também, preste bastante atenção nas regras de alteração, cancelamento e reembolso das promoções que você aproveitou, pois elas costumam ter regras bastante rígidas e inflexíveis caso você tenha que alterar a data da viagem, ou mesmo cancelá-la.

6. Não fique neurótico com as finanças durante a viagem. Não obstante o excelente planejamento realizado no período pré-viagem, é comum ver pessoas querendo economizar mais ainda durante os passeios. Não há problema algum nisso, afinal, o dinheiro tem que valer mais na nossa mão do que nas mãos alheias. Negociar preços justos faz parte do cotidiano das pessoas. O problema é quando isso passa a virar uma espécie de “neurose”, e você acabe sacrificando passeios, compras e refeições interessantes, sob o argumento de que “está tudo muito caro”. Calma! Respire e relaxe um pouco. Se é importante valorizar cada real, euro, peso ou dólar que está em nosso bolso, não é menos importante aproveitar bem a viagem, ainda que isso implique algum gasto adicional não previsto em seu orçamento. Você já economizou durante o ano inteiro para realizar essa viagem, e vai querer implicar justo agora que seria o momento de descansar e curtir um pouco seus dias livres?

7. Faça um registro de todos seus gastos de viagem. E quando eu digo “todos”, isso abarca absolutamente tudo relacionado aos passeios, desde os óbvios itens de maior peso (como passagens, hotéis e restaurantes), até os menores e mais insignificantes, como as pequenas lembrancinhas que você compra para dar a algum parente querido, a gorjeta para o funcionário do hotel e o picolé tomado na praia. Lembre-se: tudo o que é medido é melhor controlado, e tendo um registro de todas as suas despesas, você verificará se a viagem ficou dentro do que você estimava (vide dica #3) ou ficou acima. Quase sempre os gastos ficam acima do esperado, mas isso não chega a ser problemático. Basta você reforçar o “caixa para viagens” no seu próximo destino, sendo mais realista quanto às suas previsões de gastos. Ademais, gastos acima do previsto quase sempre significam que você aproveitou bem a viagem, e, dentro dessa perspectiva, é muito melhor ter a consciência de que as férias foram bem aproveitadas (ainda que a um custo um pouco mais alto), do que ter aquela sensação de arrependimento de que “eu poderia ter aproveitado mais”.

Seja qual for sua conclusão, a dica final que dou é: invista em seu lazer, e quando eu falo em “investimento”, não falo apenas no investimento financeiro, mas também no investimento de tempo e energia para planejar seus próximos roteiros. Férias significam dias livres, e dias livres existem para serem preenchidos por roteiros que você anseia desbravar e lugares que você deseja ardentemente descobrir. A verba salarial denominada “adicional de férias” existe para que você possa justamente gastá-la com coisas pelas quais valham a pena viver. Como eu já escrevi em meu blog, reserve um dinheiro todo mês para a diversão. Não economize com lazer, pois você estará economizando com qualidade de vida. Com inteligência financeira e dicas simples, porém práticas, como as descritas acima, é perfeitamente possível conciliar finanças pessoais equilibradas com férias e viagens inesquecíveis. Basta ter bom senso e um bom planejamento. Boa viagem!

É isso aí!

Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

Administrador e Editor Geral do conteúdo do Blog. Graduado em Letras com Inglês, formação técnica em Turismo e Hotelaria, com certificação internacional pela International Cultural Center (ICC); É apaixonado pelo aprendizado de línguas estrangeiras. Fala Inglês e Espanhol. Adora viajar de forma independente, mas, sem dispensar a companhia de sua companheira, e sua grande admiradora, a mãe!

3 Respostas para “7 dicas financeiras para aproveitar bem sua próxima viagem”


  1. Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79

    Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79
    Kátia Cris
    Responder 01. abr, 2012 at 23:44

    Muito legal esse post! Viajar economizando é sempre ótimo! Dá pra guardar pra outra viagem. rsss


    • Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79

      Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79
      Cidilan da Apresentação
      Responder 02. abr, 2012 at 5:30

      =) Bom tê-la por aqui, Kátia!
      Realmente, não existe nada melhor que economizar e ao fim ter a sensação de não estar no vermelho.
      Consequentemente, sobra dinheiro para um próxima viagem – na verdade, não é bem sobrar, mas, se planejar e sentir menos os impactos de uma viagem sem o mínimo de organização financeira.

      Abraço! =)


  2. Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79

    Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79
    Guilherme
    Responder 06. abr, 2012 at 2:18

    Obrigado pelos comentários, Kátia!

    Realmente, é como o Cidilan disse, planejamento ajuda bastante na hora de ter viagens com menos preocupações financeiras!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!