16 de janeiro de 2012

4 verdades que adoraria que você soubesse sobre a “vida de hostel”.

Antes de se aventurar em outras opções de hospedagem, é de suma importância que você vivencie um experiência de se hospedar num hostel.  Ainda que saibamos a grande diferença das imagens do filme “Albergue Espanhol” em que podemos observar poucas regras- ou diga-se nenhuma – os albergues reais são muito bem organizados, possui ambientes com o mínimo de estrutura para receber bem o alberguista, mas, é sempre bom ficar esperto, em algumas verdades. Adoraria que, todos – ou grande parte – abrissem mais a mente, para entender alguns pontos, que acredito ser os pilares para uma boa convivência e sobretudo, a ordem num espaço de tamanha complexidade.

Vamos, então,  a elas?

 

Você não estar em sua casa!

Nem sempre, o conceito de privacidade é o que mais impera numa experiência como a de se hospedar num albergue. Ser tolerante, e claro estar disposto a compartilhar espaços é um ponto que se deve está bem claro quando se escolhe tal hospedagem, já que em tal ambiente, o senso de coletividade é, realmente, levado a sério.

Por isso, pense que você compartilhará o quarto com outras pessoas, e que elas possuem os seus próprios costumes, ideologias – por mais que esquisitas pareçam, ou que entrem em conflito com as suas.

 

Sim, o banheiro é coletivo.

Lembre-se que os outros também precisam utilizar o banheiro, por isso, minimize o tempo de permanência dentro dele (passar desodorante, creme e coisas do tipo, pode ser feitos fora do banheiro). Caso precise utilizar o banheiro, por mais tempo, utilize-o num horário em que a procura do mesmo seja menor. É sempre bom, partir do princípio do colocar-se no lugar do outro, “se fosse eu, como eu gostaria de encontrar-lo?”, acredito que, certamente, limpo, com a pia limpa e seca e etc.

 

Respeite o sono do próximo.

Se a sua chegada está programada para a madrugada, procure antes de entrar no quarto tirar as coisas que você precisa para dormir. Ligar a luz do quarto, enquanto outros dormem não é o mais acertado a se fazer, tão pouco, fazer barulho, revirando a mochila e as sacolas plásticas – falando delas, elas são as piores, por mais que tente não fazer barulho, sempre se faz. Pelo outro, faça o máximo de silêncio.

 

Utilize, mas, deixe-o do modo e no lugar que achou.

Utilize os pratos e talheres e não os deixem sujos na pia. Evite deixar a cozinha bagunçada, ao terminar de usar os utensílios da mesma limpe-os e ponha no mesmo lugar em que achou. A geladeira também é coletiva, por isso, não entupa a mesma. Ah! E não se esqueça de quando for embora, retirar as embalagens, e alimentos que estão estragados. Sinalize aquilo que sobrou, e deixe para que outros viajantes, cansados e famintos, façam proveito!

 

 

Administrador e Editor Geral do conteúdo do Blog. Graduado em Letras com Inglês, formação técnica em Turismo e Hotelaria, com certificação internacional pela International Cultural Center (ICC); É apaixonado pelo aprendizado de línguas estrangeiras. Fala Inglês e Espanhol. Adora viajar de forma independente, mas, sem dispensar a companhia de sua companheira, e sua grande admiradora, a mãe!

2 Respostas para “4 verdades que adoraria que você soubesse sobre a “vida de hostel”.”


  1. Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79

    Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79
    Jonathan Padua
    Responder 17. jan, 2012 at 15:11

    Brother, muito bom o post!

    O espírito de coletividade deve reinar sempre em todos os hóspedes de um hostel.

    abração,
    Jonathan Padua


    • Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79

      Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79
      Cidilan da Apresentação
      Responder 17. jan, 2012 at 19:02

      Opa, parceiro!

      Bom é ter-lo aqui no blog, nos lendo! =)
      Com certeza, quem se hospeda em hostel tem que está com a mente aberta. E claro, estar aberto a coletividade, se quer ser individualista que pague um pouco mais, e tenha um quarto só dele, mas, ainda assim, ele não estará totalmente imune!
      Abraço!