17 de maio de 2011

Os primeiros passos no aprendizado de Língua Inglesa

Olá, leitor!

Tudo bem?

Para inauguramos a nossa nova categoria, “Aprendendo Inglês”, traremos nessa, algumas dicas, para quem está iniciando com os seus estudos, ou até mesmo, para quem já tem certo domínio na língua inglesa. Sobretudo, para quem quer estudar inglês de forma mais autodidata. Você encontrará diversas dicas acerca de otimização de tempo para o aprendizado da língua inglesa, além de indicações de vídeos, músicas, podcast e etc.

Assim, trago algumas experiências vividas durante esses seis anos, em que venho estudando inglês, compartilhando com você algumas de minhas descobertas no decorrer do período da aprendizagem.

O CURSO “X” TE FAZ FALAR EM 1 ANO, É A MELHOR INSTITUIÇÃO QUE EXISTE.

Não adianta está matriculado num dos maiores e melhores centros de ensino de língua estrangeira, se você realmente não deseja – querer não é o bastante – entretanto, empenhar seus esforços no aprendizado da língua, poderá lhe trazer resultados mais significativos e muito mais satisfatórios, em qualquer instituição de ensino ou até mesmo, o self-Study. Já estudei num Centro Social, próximo a minha residência, possuía um corpo docente qualificado, que tinha experiência no Ensino de Língua Inglesa, além da vivência no exterior, material didático – já incluso no valor – turmas com 15 a 20 pessoas, num valor simbólico de R$: 25,00. Após a conclusão do curso de inglês nessa instituição de ensino – já tinha passado por todos os níveis; (as salas de aula, sempre, começam cheias, mas muitos vão desistindo no decorrer do curso) – surgiu uma bolsa de estudo no curso de língua inglesa, na Universidade Federal da BAHIA (UFBA) – saiba quando as inscrições serão abertas para o processo de seleção de bolsistas na universidade federal de sua cidade. – fiz nivelamento, e meu nível de inglês foi considerado intermediário B. Você é quem faz o curso, e não o contrário. Pense nisso!

A PROFESSORA SÓ FALA INGLÊS NA SALA. NÃO ENTENDO NADA.

Conheço muita gente que se questiona do por que, a professora só fala inglês, “se eu não sei ‘nada’”. Geralmente, as duas primeiras semanas serão aulas que, provavelmente, você se sentirá como se estivesse “viajando na maionese” (saiba como é em inglês -> clique aqui ). Nada mais que natural, a professora só falar inglês em sala. Essa é uma tática para que você possa se expor mais ao idioma… quanto mais exposição ao idioma, maior será o seu aprendizado, por isso, não deixe de estar em contato com idioma, não apenas em sala de aula, mas, também em casa. Geralmente, existem palavras que os professores utilizam com mais freqüência – a minha professora utilizava muito “Talk About” (clique aqui saiba o significado em português).

A sensação de assistir as primeiras aulas de inglês é uma experiência e tanto, por que, há uma mistura de empolgação, ansiedade, dúvidas; é a partir das primeiras aulas que, o estudante, se fará perguntas como: “Meu Deus, o que estou fazendo aqui?”, “Será que algum dia vou realmente aprender a falar inglês?” e etc. Um conselho para minimizar essas sensações é escolher uma cultura de base (inglês americano, canadense, britânico, australiano, neozelandês, irlandês e etc.) e ouvir muitas músicas, e assistir seriados, entrevistas em inglês, concentrando-se na entonação, no modo como os nativos falam.

E você? Gostaria de compartilhar conosco algumas dicas? Ou, até mesmo nos contar um pouco sobre a sua experiência com os primeiros dias do aprendizado da língua?

Administrador e Editor Geral do conteúdo do Blog. Graduado em Letras com Inglês, formação técnica em Turismo e Hotelaria, com certificação internacional pela International Cultural Center (ICC); É apaixonado pelo aprendizado de línguas estrangeiras. Fala Inglês e Espanhol. Adora viajar de forma independente, mas, sem dispensar a companhia de sua companheira, e sua grande admiradora, a mãe!

Sem comentários até agora... Seja o primeiro a deixar uma resposta!