9 de novembro de 2010

Buenos Aires: Entendendo as ruas e o transporte

A área turística de Buenos Aires possui seus atrativos, entre eles, a zona turística tem pouquíssimas subidas e ladeiras, tendo uma maior acessibilidade a pé, por quase todos os bairros, você consegue se localizar e se deslocar de um bairro ao outro com mais facilidade, basta ter um mapa da cidade em mãos, o nome da rua em que você está, para onde você quer ir, e o número da quadra. Sendo as ruas divididas em quadras que vão (por exemplo) do começo do ponto “I” ao final do mesmo, de forma crescente, tendo nesta várias outras ruas cruzando-se em algum ponto. Consegue-se chegar a quase todos os bairros, basta se organizar antes, e traçando as coordenadas, de quantas quadras você precisará andar, e em quais direções.

Conhecer tais atrativos turísticos a pé, além de ser econômico, é saudável; proporciona-lhe um contato mais próximo com os nativos, o ambiente, você conhece a cidade em seu próprio ritmo, parando quantas vezes quiser, para ver algo que lhe chamou atenção, fotografar os prédios e paisagens que lhe chamou a atenção, comer alguma coisa (…), ótima opção para quem não tem nenhuma pressa.

Ao invés, de utilizar o taxi – que por sinal, é super barato, até mais do que no Brasil… mas que, se não tomar cuidado pode-se custar muito caro;       o metrô – é conhecido como subte. Se encontra várias entradas por toda a cidade, além de encontrar estações chaves para fazer baldeações (trocas de uma linha, a outra); o ônibus – autobus em espanhol. Os nativos assim como os cariocas têm como referência o número e não o “nome” do ônibus assim como os baianos. Um dos pontos mais negativos é o encontrar moedas de $: 1,00 (peso), as empresas de ônibus as guardam como os mineiros guardam o ouro. São poucas as pessoas que trocam moedas, sem você comprar alguma coisa. Algo também, importante que ninguém liga é o comprovante de pagamento da tarifa que sai da máquina jogando o papel fora, assim que se paga à tarifa ao entrar no ônibus… Você pode ser multado.  E por fim as bicicletas – existem lojas especificas para o aluguel das mesmas, mas, geralmente, os albergues disponibilizam este serviço de aluguel.

Administrador e Editor Geral do conteúdo do Blog. Graduado em Letras com Inglês, formação técnica em Turismo e Hotelaria, com certificação internacional pela International Cultural Center (ICC); É apaixonado pelo aprendizado de línguas estrangeiras. Fala Inglês e Espanhol. Adora viajar de forma independente, mas, sem dispensar a companhia de sua companheira, e sua grande admiradora, a mãe!

2 Respostas para “Buenos Aires: Entendendo as ruas e o transporte”


  1. Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79

    Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79
    Medical Jobs
    Responder 10. nov, 2010 at 0:58

    Finally, an issue that I am passionate about. I have looked for information of this caliber for the last several hours. Your site is greatly appreciated.


    • Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79

      Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 80
      Lucas Alves
      Responder 17. nov, 2010 at 23:28

      Thank the author of this material will be very happy with his comments, he is a lover of Buenos Aires, if you want to follow him on twitter @Cidilan Thanks for visiting!