12 de dezembro de 2009

Pulseiras do sexo: vontades, desejos codificados em cores

O Se Pluga no mundo é diversificado em conteúdo e todos sabem que por esta razão, falamos sobre todo e qualquer tipo de assunto, em que sabemos que possuia informação, diversão e, contudo abordamos conteúdos em diferentes áreas, e por isso que trouxemos esse assunto para o nosso espaço.
Vamos ao assunto. A internet tem facilitado muito as nossas vidas, mas diversas manias estão se alastrando pelas redes sociais e rapidamente chegou ao Brasil, em que se espalha entre jovens, adolescentes e crianças, que em sua maioria estão utilizando as pulseiras de cores vibrantes inconscientemente.
Essas pulseiras de cores vibrantes a principio parecem ser inofensivas, mas que ao contrário tem toda uma significação negativa, que as cores são representadas por desejos e vontades codificados através de uma significação já encontrada no dicionário de cores do jogo. É como o ditado diz, “um lobo disfarçado de ovelha” e é deste mesmo modo que as pulseiras tem o seu papel, uma pulseira inofensiva, mas que coloca as crianças e adolescentes mais próximos aos pedofilios.
Os pedofilios estão por toda parte, buscando e analisando possíveis vitímas nas diversas comunidades de redes sociais, entre elas: Orkut e facebook, e com essa maior facilidade depois da mania ter chegado ao Brasil, com a criação de comunidades do jogo e que já contabiliza mais de 40 mil membros em sua comunidade.
A utilização da pulseira é garantia que a pessoa está participando da “brincadeira”, dando total liberdade ao outro sobre o seu corpo. Digo, se a pessoa quebra a sua pulseira dependendo da cor da mesma, a outra pessoa deverá fazer o que o “dicionário de cores” determina em suas “regras”, pode-se ir de um simples abraço ao extremo, praticando sexo.
Contudo, os educadores ficam no dilema de ignorarem ou não ignorarem? Contudo a psicóloga Denise Diniz da Universidade Federal de São Paulo comenta: “Proibir não adianta, porque o adolescente pode se sentir excluído quando vir que os colegas continuam usando”. O conselho para os pais, é que os mesmo comecem a discutir sobre temas relacionados a sexualidade, e que mostrem aos seus filhos que estão apertos para o dialogo, e que imponham que os mesmos não a utilizem, sem fazer um alarde, por que estes jovens, adolescente e crianças podem se sentirem excluídos por aqueles amigos de sala que ainda estejam utilizando. Claro que, os país terão um maior controle com as crianças, mas que diferente dos jovens e adolescentes, será um pouco mais problematica devido a maior flexibilidade que os país os dão durante a sua educação.
Adaptação: Cidilan da Apresentação
Foto: Google (buscas)

Administrador e Editor Geral do conteúdo do Blog. Graduado em Letras com Inglês, formação técnica em Turismo e Hotelaria, com certificação internacional pela International Cultural Center (ICC); É apaixonado pelo aprendizado de línguas estrangeiras. Fala Inglês e Espanhol. Adora viajar de forma independente, mas, sem dispensar a companhia de sua companheira, e sua grande admiradora, a mãe!

Uma Resposta para “Pulseiras do sexo: vontades, desejos codificados em cores”


  1. Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79

    Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 80
    Anonymous
    Responder 04. abr, 2010 at 23:28

    as pulseiras de dadinho tambem sao influensiados ???pelo o mesmo sentido das pulseiras coloridas???