4 de dezembro de 2009

Estados Unidos ou Inglaterra ?

Olá Pessoal,

Estive com os pensamentos muito mais fixos na realização de um dos meus projetos, estudar e viver por uns 3 anos, em um país estrangeiro, de língua inglesa. Muitos brasileiros têm esse projeto, mas por serem tantas as exigências e o principal frustador de sonhos, o medo de enfrentar o novo. Se tomarmos os Estados Unidos como referência teremos que passar por uma bateria de provações, para no fim de toda essa bateria, o(a) rapaz (moça) do balcão determinar a realização dos seus sonhos ou a frustação dos mesmos.

Com isso, muitos desistem e decidem tentar algo que aparentemente é mais fácil e certo, mas que na verdade tem o mesmo grau de dificuldade, por que não é só chegar no aeroporto em Londres, até por que chegar em Londres qualquer um chega, mas passar pelo setor responsável pela sua entrada é diferente, uma duzia de brasileiros são barrados na imigração e têem que voltar para o Brasil. Se os agentes da imigração “forem” com sua cara o visto e concedido e a entrada no país é concedida, mas muitos brasileiros que entram no país ficam muito além daquilo que foi estipulado, e quando um brasileiro que só quer ir pra conhecer e ou estudar, o mesmo é barrado e frustado em uma interminavel espera no salgão, esperando para voltar ao Brasil.

Quando colocamos na balança, tanto os Estados Unidos quanto a Inglaterra, pode-se observar que os mesmos estão equiparando-se em dificuldades, sendo que os Estados Unidos, nós sabemos se poderemos entrar no país Norte Americano ainda dentro do Brasil, e a Inglaterra nós saberemos posteriormente se entraremos ou não, se os agentes olharem para você e não forem com sua cara, eles invetam alguma coisa e lhe deporta novamente. Qual situação você prefere!? Saber ainda no Brasil, ou só ficar sabendo no Aeroporto em Londres?

Nota-se que com as grandes exigências de países tradicionais em obtenção de visto, seja de turismo ou de estudo, surgem outras possibilidade mais economicas. Por que não, opta por um curso de inglês na Africa do Sul, claro que depois da Copa, isso porque os preços de tudo vai aumentar, mais fluxo de turistas… Contudo, o inglês sulafricano sofreu influência da colonização Inglesa, e com suas lindas paisagens, e a leve desvalorização da moeda, são atrativos consideraveis, sem falar nas lindas paísagens da ilha, e que estará o todo tempo em contato com o inglês. Não podemos esquecer de diversos outros país, tais como a Australia, Nova Zelandia e Canada que estão “abertos” para receber mais e mais estudantes de qualquer lugar que seja.

Se quiser receber o Guia da Australia em casa, a Embaixada Australiana em São Paulo estar disponibilizando (enviando para a sua residência) um guia com todas as informações necessárias para quem estar interessado em viajar a turismo, a trabalho ou a estudo.

Pronto pessoal.

Administrador e Editor Geral do conteúdo do Blog. Graduado em Letras com Inglês, formação técnica em Turismo e Hotelaria, com certificação internacional pela International Cultural Center (ICC); É apaixonado pelo aprendizado de línguas estrangeiras. Fala Inglês e Espanhol. Adora viajar de forma independente, mas, sem dispensar a companhia de sua companheira, e sua grande admiradora, a mãe!

Sem comentários até agora... Seja o primeiro a deixar uma resposta!