2 de novembro de 2009

Internet os dois lados dessa moeda

Muito se discuti sobre a influencia da internet, é irrefutável que a chegada da internet trouxe inúmeros benefícios, economiza-se tempo e dinheiro comprando em sites, é possível se comunicar com pessoas que estão em qualquer parte do mundo, em tempo real, conseguir trabalho, promover projetos, em fim, como disse, são inúmeros, o post poderia ser apenas uma lista de coisas boas, de tantas possibilidades e vantagens que a “net” nos proporciona.

Mas, (infelizmente sempre tem um mas) a internet não traz apenas coisas boas, isto é fato, todos sabem. Me encontro preocupado com o poder que a internet tem de persuasão (mais até que a televisão), -você pode achar isso um pouco apelativo, mas, lembre-se que, nem todas as pessoas têm “o mesmo raciocino, a mesma convicção dos seus valores”. Em vários tipos de sites é possível encontrar um link que leva a outro, porém com conteúdo pornográfico, esta semana busquei no Google um cd infantil para baixar, o encontrei, e fiquei um pouco perplexo, pois, ao lado da capa do cd com imagens inocentes, estava um banner que levava a um site de conteúdo impróprio para menores; hoje muitas crianças têm alcance a internet (inclusive muitos pais saem para trabalhar e deixa seus filhos com pessoas sem preparo, e estas crianças ficam na frente da TV ou na internet), e seus responsáveis não sabem o que estão buscando, ou encontram sem querer.

Além da forte apologia ao sexo imprudente e precoce, a uma forte mostra sobre violência, (mais uma vez, assim como a TV, essas comparações me fazem ver que a internet é como a TV, você encontra de tudo, porem você tem a facilidade de ver a hora que quer!).

Porem não é possível apenas ver algo relacionado à violência, como também ser vitima ou se tornar um agressor, sim, um agressor. Já li em jornais vários casos de violências (não necessariamente físicas) que começaram por internet, um caso que me chamou atenção, aconteceu nos EUA, (não me recordo o estado ou cidade), e foi uma violência do tipo “verbal” de uma vizinha para a outra, uma adolescente que tinha grande inveja de sua vizinha de 15 anos, fez uma fake, (fez um perfil falso, como um garoto, em um site de relacionamentos) e por meses enganou a garota de 15 anos, a chamava de feia, desajeitada e etc. mesmo não sendo a verdade, a garota acreditou, e o fim dessa historia foi o suicídio dessa jovem. Um fato que chama atenção é que a vizinha contava com a ajuda da mãe.
Muitas pessoas marcam pelos programas de bate papo, para se reunirem e fazerem atos de vandalismo e terror. “Chega a ser difícil pesar em uma balança, para saber o que traz mais a internet”.
Não quero ser radical e dizer que não presta, por que assim como há muitas coisas ruins, a coisas construtivas e edificantes, afinal se não fosse pela mesma, não poderíamos nos comunicar na realidade o que quero ratificar é que, nós como responsáveis, pais, tios, em fim, temos o dever de estar atento ao que nossas crianças e até nossos amigos, menos instruídos (no sentido de não cairem nas mãos de golpes e etc.) estão fazendo, e orientá-los, sempre!

Uma Resposta para “Internet os dois lados dessa moeda”


  1. Deprecated: Function ereg() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79

    Deprecated: Function ereg_replace() is deprecated in /home/spedhiebkl33/sepluganomundo.com/wp-content/themes/headlines/includes/theme-comments.php on line 79
    kelly
    Responder 26. abr, 2012 at 0:33

    eu gostei muito eu concordo plenamente com você, eu tenho 14 anos e sei o quanto a internet facilita a nossa vida mas que tambem tra uma porradas de consequencias e perigos cabe a cada um da um limite…sabemos os riscos podemos nao devemos usar a internet, mas com cuidado e preucação,depende de cada um…