11 de julho de 2009

Pode misturar

O Brasil é um país de misturas. Este é um “mix” de cores, de culturas, de costumes, de comidas… Esta mistura fez o Brasil o que é. O nosso povo é uma pluralidade de raças, suas belezas naturais e a sua hospitalidade, coisa nossa.

Diversidade Cultural aqui tem. Possuímos as mais variadas mesclas de traços (asiáticos, africanos, indígenas…), de cor (branco, negro, pardo…), de modo de ser, um pouco de cada continente.

Mas por que será? Podemos passear desde o descobrimento do Brasil (seja por Cabral, ou seja, por quem for) ou pela escravidão, ou que seja pela colonização. Digo que, estes contribuíram nesta mistura, então “pode misturar”. Ganhamos uma identidade multicultural, costumes trazidos por povos, nos enriqueceram de detalhes.

De onde vem à força deste povo lutador e guerreiro? Força, a ginga e mestiçagem, em grande parte os escravos vindo da África nos ajudou a sermos o que somos.

Os brasileiros são bem “requisitados” em qualquer parte do mundo (estando legal e não se tornando mais um a “roubar” o direito do outro) não somente, pela sua mão de obra barata, mas pela sua garra e pela sua vontade de aprender mais e de se empenhar.


O que o nosso povo deixa a desejar? Nas bases! Na educação, na leitura que é a porta do conhecimento. A falta de leitura, a deficiência educacional (…) foi herança da ditadura militar. Quem estudavam nas escolas públicas na época da ditadura? Os filhos dos ditadores, dos governadores, das pessoas que vivem na política. Coloquem os filhos dos políticos nas escolas estaduais, municipais e vejamos se a educação brasileira não mudará. Os melhores professores, melhores condições de trabalho, melhores equipamentos serão medidas tomadas em um futuro mais próximo.

Sem comentários até agora... Seja o primeiro a deixar uma resposta!